Pão de "queijo" de beterraba, sem queijo

Empolgação fora de controle com essa receita. Cortesia das amigas do Mood is Food, ela é a nossa cara: simples, econômica e saudável, meio sem querer. Para comer sem culpa mesmo. Além disso ela é flex: fica ótima com abóbora ou batata doce, dependendo do que estiver na época. #Vegano #SemGlúten.

Foto: Mood is Food

Redimento: 20 unidades
Tempo de preparo: 1h30
Tempo de forno: 20 minutos

Foto: Mood is Food

Ingredientes:

  • 200g de purê de beterraba (com casca e tudo se estiver usando orgânica)

  • 90g de polvilho doce

  • 145g de polvilho azedo

  • 60 ml de azeite de oliva

  • 25g de teff * ou chia

  • 80 ml de água filtrada

  • 8g de sal rosa

Preparo:

  1. Leve a beterraba para assar embrulhada em papel de alumínio por 1 hora a 200ºC. Retire do forno e amasse ela ainda quente com um garfo.
  2. Em um recipiente, misture bem o polvilho azedo, o polvilho doce, as sementes de chia (ou teff) e o sal
  3. Em seguida, ferva a água junto com azeite e despeje sobre a mistura de polvilho, mexendo bem. Neste ponto, a massa ainda tem com uma aparência um pouco seca, mas não se preocupe.
  4. Adicione o purê de beterraba e mexa bem até que a massa fique bem lisinha e homogênea. Se preferir, faça esse processo na sua batedeira.
  5. Leve a massa para gelar por aproximadamente 1 hora.
  6. Preaqueça o forno a 180ºC.
  7. Após resfriada a massa, use uma colher de sopa para porcioná-la e faça bolinhas com as mãos. Leve os pãezinhos à geladeira e deixe a massa descansar por mais 30 minutos.
  8. Depois de descansados, asse os pãezinhos no forno por cerca de 30 minutos.

Sirva quente, e depois conta para a gente!


O que é teff?
O teff* é o menor grão do planeta, mas é um baixinho bem invocado. O cultivo desse superalimento começou há mais de 5 mil anos, e é base da alimentação em países como a Etiópia e outros lugares do continente Africano, onde é usado no preparo de panquecas, pães, biscoitos e bolos.

Além de não conter glúten, é rico em cálcio, fósforo e magnésio, que ajudam na recuperação rápida após um treino físico ou forte desgaste mental.  Seu consumo controla os níveis de glicose no sangue, sendo indicado para o controle do peso, já que contém alto poder de saciedade – perfeito para o controle do apetite. E é rico em carboidratos de digestão lenta,  fibras e proteínas ideal para atletas e pessoas em geral que buscam alto rendimento.